home E-commerce, Marketplace Direito do consumidor: como funciona no e-commerce

Direito do consumidor: como funciona no e-commerce

Com 51,3 milhões de consumidores online no país, segundo o e-bit, fica a questão: será que todos conhecem seus direitos no mercado virtual?

O volume de transações é imenso e, mesmo que muitas obrigações sejam exigidas à loja virtual, cabe ao consumidor atenção na hora de escolher o e-commerce em que vai realizar a compra e checar informações essenciais para garantir sua satisfação e segurança.

Você, como consumidor, sabe como identificar uma loja segura? O decreto federal n°7.962/13 estabelece algumas normas exclusivas para o comércio eletrônico. Pode parecer complicado, mas na verdade são simples exigências que devemos conhecer para evitar transtornos na internet.

Conheça algumas obrigações que as lojas virtuais devem cumprir:

-Disponibilizar em local de fácil visualização todos os dados da empresa como nome, CNPJ e endereço físico.

-Discriminar de forma clara o preço, custo do frete ou cobrança de seguro, bem como as condições integrais de oferta constando as modalidades de pagamento, disponibilidade, prazo para execução do serviço ou entrega do produto.

– Responder qualquer solicitação do consumidor com uma resposta satisfatória dentro de até 05 dias.

– Garantir o direito de arrependimento, que trata da possibilidade do consumidor cancelar uma compra. Para isso, o comprador deve comunicar o desejo do cancelamento dentro do prazo de 7 dias a contar do ato de recebimento do produto. Nesse caso, a empresa deve estornar qualquer valor pago, inclusive aqueles inerentes a despesas extras, como seguro ou frete.

Conhecendo os deveres das lojas virtuais, você automaticamente conhece seus direitos e consegue discernir melhor o que mais importa na hora de fechar um negócio. Muitas vezes, a loja pode apresentar um produto/preço que te agrada, mas não tem credibilidade ou não apresenta as informações da loja com clareza, por exemplo, abrindo brechas para sua desconfiança e para futuros problemas, certo?

Separamos algumas dicas para que você não tenha dor de cabeça em suas compras online:

– Procure pela reputação da loja, em sites como o Reclame Aqui, e comentários de outros compradores;

– Verifique se o site é seguro e apresenta o cadeado na URL. Muitas lojas usam um selo de segurança falso, mesmo sem obter o certificado;

– Escolha senhas seguras, de preferência com letras, números e caracteres especiais;

– Confira as formas de entrega, pagamento, garantias do produto e prazo para a troca;

-Registre os e-mails que comprovem a transação e guarde todos os dados da compra.

Comprar online é rápido, prático e super cômodo. Não tem segredo, basta ter alguns cuidados básicos para não cair em cilada.

No marketplace da Taggli todos os clientes poderão navegar sem preocupação. Os lojistas são selecionados com todo o cuidado e a plataforma já oferece toda segurança necessária para os vendedores e clientes. Quer conhecer? Acesse: www.taggli.com 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *