home E-commerce, Marketplace Por que as buscas internas importam no e-commerce?

Por que as buscas internas importam no e-commerce?

Uma das prioridades de um vendedor online é ocupar um bom posicionamento nos motores de busca. Esse fator realmente faz toda a diferença na visibilidade, atração de clientes e conversão, mas e a busca interna?

A atenção excessiva com a busca externa, permeada pela perseguição das melhores palavras-chave e otimização constante das páginas, muitas vezes faz com que a busca interna fique de lado ou em segundo plano, o que atrapalha e muito as conversões.

A busca interna está intrinsecamente ligada à boa navegabilidade do site, logo, quando ela não é bem estruturada, pode confundir, atrapalhar e provocar desistências.

A quantidade de lojas virtuais que falham nesse ponto é enorme, o que faz disso uma grande vantagem competitiva no mercado. Segundo pesquisa do Bayard Institute, publicada na Smashing Magazine, 70% das grandes lojas estudadas não entendem variações nos jargões, outros 16% não suportam a busca pelo nome e códigos exatos do produto e somente 40% suportam buscas facetadas.

Essas são apenas algumas das falhas encontradas. Ainda assim, os administradores dessas mesmas lojas participantes da pesquisa declaram grande impacto da busca interna nas conversões, podendo chegar a 70 % de capacidade de conversão provenientes dessa ação.

Você já checou as buscas da sua loja? Veja essas dicas para aperfeiçoar seu negócio:

  • Dinamismo e proatividade

Os usuários que compram pela internet estão sempre em busca de boas experiências. Para proporcionar uma, você deve se atentar ao grau de facilidade para encontrar os produtos dentro da sua loja, verificar se possui o autocomplete (se sim, se ele está sendo utilizado com boas implementações) e, é claro, utilizar bons filtros para diminuir o tempo de encontro entre o consumidor e seu produto alvo.

Muitas técnicas para aperfeiçoar a busca virão apenas com o tempo, pois é a partir do comportamento do usuário que você consegue responder diversas questões. Por isso, antecipe-se sempre que puder, identifique as necessidades e desejos dos clientes, busque soluções, traga novos produtos, faça novas sugestões e surpreenda.

  • Observação e indicadores

Uma das diferenças entre a busca externa e a interna é a autonomia que você para consultar o comportamento do usuário e entender exatamente o que o levou até ali ou o momento crítico que o fez desistir da compra.

Na busca externa, por exemplo, você não tem conhecimento se o cliente fez uma busca e você não apareceu nela. Já na interna você consegue levantar diversas hipóteses do por que ele não clicou em determinado produto e que informações precisam ser melhores trabalhadas.

Ainda nesse sentido, vale a pena observar como o seu público pesquisa, se está de acordo com os filtros que você oferece, se o autocomplete faz sentido e quais são os produtos mais procurados (que pode gerar insights para campanhas de marketing, por exemplo).

  • O zero pode dizer muito

O quão frustrante é fazer uma busca que não retorna nada? Podemos dizer que muito e, por isso, é fundamental trabalhar o quanto antes para que você sempre tenha alguma coisa para mostrar.

A ideia não é que você mostre qualquer produto aleatório que não tem nada em comum com a busca, mas que os motores de busca sejam preparados o suficiente para:

Sugerir o nome correto, em caso de erro de digitação;

Identificar variações como palavras com ou sem hífen;

Sugerir produtos semelhantes.

Em páginas sem resposta, você também poderá oferecer um formulário de contato para que o cliente informe o produto que não foi encontrado. Essa é uma boa maneira de oferecer suporte e gerar empatia.

Mesmo que você ainda possua poucos produtos em sua loja vale a pena caprichar na tecnologia de buscas internas, seja pela experiência do cliente ou pela estrutura escalável que você estará criando.

Não se esqueça de sempre estar atento à primeira página de resultados, que deve ser a mais importante e diretamente relacionada à busca que foi realizada.

Aqui você pode aprender como testar a qualidade das suas buscas antes de começar a fazer mudanças: http://bit.ly/1UieQiq

Gostou? No marketplace da Taggli, além de tecnologia e estrutura para buscas avançadas, você receberá diversas dicas e avaliações de nossa equipe. Quer conhecer antes do lançamento? Acesse e cadastre o seu negócio: www.taggli.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *